Iniciativas Populares

Em decorrência do lançamento do Manual Ônibus Manaus, o jornalista Nelson Brilhante, do A Crítica, entrou em contato comigo para uma entrevista que faria parte de uma matéria sobre iniciativas populares. A matéria foi publicada no Domingo (09/12/2012) e a parte aberta ao público não-assinante do site não contém a entrevista comigo, que ainda não tive a oportunidade de ler, mas pelo menos estou na foto escolhida para ilustrar o post. Se alguém comprou o jornal do último Domingo, favor guardar e, quem já leu, favor comentar o que achou. Obrigado.

**********

Iniciativas fazem a diferença em Manaus

Sem estardalhaço nem interesses que não o de contaminar mais pessoas a fim de realizar o sonho de uma cidade melhor para todos, esses “funcionários públicos não remunerados” passaram a assumir responsabilidades que seriam de quem foi eleito para isso. 

Por Nelson Brilhante.

Steven Conte, um dos criadores do site Ônibus Manaus, sobre rotas dos coletivos.

Steven Conte, um dos criadores do site Ônibus Manaus, sobre rotas dos coletivos.
Foto: Euzivaldo Queiroz

Para um grupo de manauaras não basta reclamar, espernear e empunhar cartazes de protesto para garantir melhorias na cidade em que vivem. Alguns até fazem ou já fizeram tudo isso, mas foram além do protesto e, literalmente, adotaram Manaus com carinho de cidadão.

Sem estardalhaço nem interesses que não o de contaminar mais pessoas a fim de realizar o sonho de uma cidade melhor para todos, esses “funcionários públicos não remunerados” passaram a assumir responsabilidades que seriam de quem foi eleito para isso.

No conjunto Santos Dumont, bairro da Paz, Zona Centro-Oeste, o presidente da Associação dos Moradores, Denis Thaumaturgo, de tanto pedir um novo parquinho infantil para a praça do conjunto, tomou uma decisão inédita: iniciou uma campanha no Facebook para conseguir os R$6 mil que precisava para comprar um playground. Quando arrecadou R$1,5 mil, comprou o playground parcelado em quatro vezes e, no último domingo, para a alegria da garotada, inaugurou o brinquedo gigante com um show (sem cachê) do cantor Cileno e o bingo de um aparelho de TV doado pelo deputado Josué Neto.

Quem também resolveu colocar a mão na massa foi um grupo de seis amigos, liderados pelo jornalista e professor de Educação Física Luiz Eduardo Leal, criou o site de busca www.onibusmanaus.com.br, único pelo qual o internauta conhece a rotas e itinerários de ônibus da capital amazonense. A iniciativa nasceu com a criação de uma conta no Twitter, em novembro de 2011.

A ideia deu tão certo que a Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) estimulou o grupo a produzir um guia impresso, lançado no dia 27 de novembro, e que está sendo distribuído gratuitamente aos usuários de transporte público.

Ameaça

Antes de publicar o guia de rotas de ônibus, o grupo “Trânsito Manaus” tentou prestar ajuda aos usuários de transportes urbanos, mas teve que abortar o projeto. Eles fixavam nas paradas de ônibus cartazes com a frase “Que ônibus passa aqui?”. Abaixo, linhas pontilhadas davam espaço à resposta de populares. Ligações anônimas, vindas de setores que comandam o trânsito de Manaus, forçaram o grupo a desistir da iniciativa.

Saiba Mais

Guia Impresso

A princípio, o guia impresso com a rota e os itinerários dos ônibus deverão ser distribuídos em hotéis, centros comunitários e postos de atendimento ao turista para o lançamento, foram impressos cinco mil exemplares.

Histórico

A ONG começou com uma conta no Twitter e foi evoluindo para uma página no Facebook e chegando a um site, o que resultou também no Ônibus Manaus.

[…]

A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa.

Manual Ônibus Manaus

Esta semana estamos lançando, depois de quase um ano de trabalho, o Manual de Itinerários Ônibus Manaus do Trânsito Manaus. Foram muitas noites mal dormidas, muitas correções feitas, prováveis erros que só serão encontrados com o uso cotidiano, mas finalmente conseguimos, graças ao trabalho do Luiz Eduardo Leal, Rebecah Keyce, Steven Conte, Glauber Gomes, Claudivan Jr., William Maciel e do Marcelo Menezes, responsável pelo projeto gráfico designado pela Comissão de Trânsito e Transportes da ALEAM. A seguir, o breve editorial que será publicado na contracapa do manual.

Na Internet encontramos ideias interessantes e que facilitam a vida de muitas pessoas. Com intenção de tornar o trânsito de Manaus melhor surgiu em 2009 o Trânsito Manaus, um canal de informações sobre os engarrafamentos, acidentes e demais ocorrências nas vias da cidade através do Twitter. A ideia cresceu e alcançou outras redes sociais, virou um site, apareceu na televisão, rádios e jornais. Mas levar informação apenas aos usuários de Internet não é tudo. Muitas pessoas não têm carro e fazem uso do transporte público. E outras também não têm condições de acessar a rede, seja por falta de tempo, dinheiro ou domínio da tecnologia.

Para ajudar os que se encontram apenas no primeiro grupo nós criamos o site Ônibus Manaus, com um sistema de busca de itinerários que contém os roteiros e mapas de cada trajeto, que estamos aperfeiçoando com novas formas de busca. Para os que estão nos dois grupos nós conseguimos, com a ajuda da ALEAM, sua Comissão de Transportes, CMM e SMTU, lançar este manual que será distribuído gratuitamente aos usuários de transporte público. Assim, esperamos ajudar ainda mais pessoas e continuar levando boas ideias da Internet para a vida de cada um. Podemos contar com você?

Por que eu voto Rodrigo Araújo?

Porque ele vai buscar a redução do número de vereadores, assessores e regalias dos parlamentares. Isso significa menos gastos de dinheiro público, que poderá ser revertido em melhorias efetivas em outras áreas, como por exemplo, na infraestrutura da cidade.

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Porque ele vai lutar pela redução do crescimento lateral de Manaus, possibilitando assim uma organização mais efetiva da cidade, ao contrário do que aconteceu nas últimas décadas em que sempre se correu atrás de consertar os lugares já invadidos e mal planejados.

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Porque ele tem boas ideias para melhorar a mobilidade urbana para carros, bicicletas, pedestres, tanto para os moradores da cidade, quanto para os turistas.

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Porque enquanto uns sentam com o governador e com a presidenta, outros não tem onde sentar para esperar o ônibus, e ele quer trabalhar para mudar isso.

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Ah! Você não anda de ônibus? Eu também não! Mas se o sistema de transporte público funcionar bem, menos gente vai precisar usar carros particulares e o trânsito vai fluir melhor. Se existirem leis definindo padrões de asfalto e calçamento, com penalidades a quem agir em desconformidade com isso, a prefeitura vai gastar menos “tapando buraco” no futuro (aliás, “tapar buraco” deveria ser proibido por lei). Se existirem leis efetivas definindo a forma como a cidade vai se desenvolver e coibindo as invasões com punições mais severas e efetivas, Manaus terá a chance de ser uma cidade mais organizada. Vai me dizer que você já participou de algum debate sobre o Plano Diretor?

Entretanto, se existirem mais leis como a que cria o Dia Municipal do Profissional de Moto-Táxi em vez de uma lei que de fato regulamente e delimite as áreas de atuação dessa profissão, a cidade vai continuar tendo os mesmos problemas que tem hoje e provavelmente outros que ainda estão por vir. E continuar votando nos idealizadores da Taxa do Lixo e outras coisas geniais como a da lei que citei há pouco é como escolher o Fernandinho Beira Mar para Ministro da Justiça.

Aí estão as propostas, aí está a oportunidade de alçar ao Poder Legislativo Municipal uma pessoa jovem, íntegra, com boas ideias, com compromisso público de agir e cobrar mudanças em benefício de todos e a capacidade de contribuir para que tenhamos uma cidade melhor. Aí está o Rodrigo Araújo, 40.789 sim senhor!

Ciclos

A Holanda é referência mundial no uso de bicicletas como meio de transporte. Mas os neerlandeses não chegaram a esse patamar da noite para o dia. Foram anos de transformações e mudanças, positivas e negativas, impulsionadas tanto pela economia e política, quanto pelo clamor popular. Abaixo compartilho um pequeno documentário sobre como se deu este processo.

ARVE Error: id and provider shortcodes attributes are mandatory for old shortcodes. It is recommended to switch to new shortcodes that need only url

Agora vejam as propostas dos candidatos à prefeitura de Manaus para o trânsito e transporte público e imaginem quanto tempo ainda levaremos até a cidade passar por mudanças semelhantes.

Dica de leitura: A psicóloga Luciana Jacob passou alguns meses morando Utrecht, na Holanda, e contou em seu blog sobre as experiências que teve por lá.

Internet e as Eleições

Costumo dizer que o Twitter mudou minha vida. Por diversos motivos. O Twitter foi a ferramenta que permitiu que eu socializasse com gente que por outros meios eu dificilmente conheceria.

As redes sociais não apenas me deram 1 hora de graça no boliche, 3 CDs, 1 Blu-ray, 5 vale-compras da Bemol e um sanduiche no 80s Burger. As pessoas que eu conheci trocando mensagens de 140 letrinhas ajudaram, desde chegar ao meu destino sem pegar um engarrafamento a direcionar algumas das minhas escolhas educacionais e profissionais.

Dentre os projetos que me envolvi por causa o Twitter, o Trânsito Manaus, que há 3 anos informa diariamente o trânsito muito lento nos dois sentidos de todas as avenidas da cidade, além dos itinerários intinerantes de ônibus, possibilitou uma experiência política que eu, que desde pequeno sempre gostei de prestar atenção nas campanhas eleitorais, nunca poderia imaginar.

Com a exposição que o TM conquistou ao longo dos anos, conseguimos, contatando os comitês dos candidatos à prefeitura de Manaus, realizar entrevistas com cada um deles para tratar exclusivamente das questões de trânsito e transporte.

Grupos como o Trânsito Manaus, e outros, como o PedalaManaus.org, do Ricardo “Saci” Braga, e o Manauara.org, da Cynthia Blink, mostram uma mudança interessante pela qual estamos passando. Jovens com algum poder de mobilização através da Internet tendo acesso direto aos atuais e futuros integrantes do executivo (e do legislativo também).

Fazendo a interseção entre Política e Internet

Não sou ingênuo de achar que os políticos estão abrindo as portas e associando-se à imagem dessas iniciativas, cheios de sorrisos e apertos de mão, por simples, pura e imaculada brothagem. Nem acho que o acesso aos dirigentes da coisa pública deveria dar-se tão somente pela da ação de grandes grupos organizados e com alguma evidência e poder de mobilização, e não por um único e humilde cidadão.

Existe, claro, a busca por evidenciarem sua atuação em canais de comunicação com as novas gerações, talvez até mesmo estabelecer cabos eleitorais, o que não é o caso do TM, nem acredito ser dos outros que citei acima.

O que eu acho fantástico é o grau de importância dado por (pelo menos alguns) candidatos a essas ferramentas estar se assemelhando, cada vez mais, ao dado a grandes grupos da “velha mídia”, como jornais impressos, rádio e TV, justamente devido às mudanças e possibilidades que elas estão gerando.

Enquanto até poucos anos atrás os candidatos eram figuras distantes que nós éramos obrigados a escolher observando 30 segundos de sorrisos artificialmente manipulados num comercial de televisão, e dependíamos unicamente dos debates da TV para conhecer a capacidade argumentativa e o embate de propostas dos candidatos, agora eu tive a oportunidade de estar cara a cara com cada um deles, perguntar e ouvir as suas respostas sem direito a script e photoshop. Pauderney, Arthur, Navarro, Serafim, Henrique, Jerônimo, Herbert, Vanessa e Sabino.

Ainda fizemos muito pouco, mas acredito que as possibilidades interação e de cobrança do poder público ainda vão crescer e devolver uma parcela do poder que sempre foi do povo, de volta às mãos do povo, graças à Internet. Sou idealista demais?

Falta muita poeira a ser varrida

Na última terça-feira, dia 15 de Junho, aqueles jovens que informam sobre o trânsito de Manaus no Twitter estavam tendo bastante trabalho. Era dia do primeiro jogo do Brasil na Copa do Mundo e parece que todo mundo resolveu assistir ao jogo em algum lugar diferente de onde estava durante a manhã.

Obviamente, o caos instaurou-se e todas as principais vias da cidade contavam com quilômetros de engarrafamento em qualquer direção.

Mas isso não foi um caso isolado. Praticamente todas capitais do país e, principalmente, aquelas que serão sede da copa de 2014, enfrentaram problemas mais tensos e intensos. O país inteiro teve um panorama do quanto seu sistema viário carece de planejamento e organização, e uma prévia do que vai acontecer quando estivermos cheios de visitas em nosso país na próxima copa.

Vuvuzelas Apocalipticas

E parece que ninguém está lembrando que em 2013 já tem a Copa das Confederações, que é realizada no país-sede da copa seguinte, no caso, o Brasil. Sim o Brasil. Faltam três anos. E os governos tocando os prazos das obras de melhorias – na verdade criação (!) – da infraestrutura, transporte e estádios para horas antes da cerimônia de abertura, driblando licitações e cometendo faltas de atenção à lógica e de respeito com os contribuintes que nem uma rua sem buracos parecem ter direito, quanto mais um estádio e aeroporto novos, um metrô de superfície, uma cidade inteira renovada from the ground up.

Falta pouco tempo e muita poeira a ser varrida para debaixo do tapete. E as obras que vão gerar essa poeirada ainda nem começaram, e sabe-se lá se vão terminar a tempo.

Vindo para casa hoje para assistir ao próximo jogo do Brasil, voltando do sítio onde passei os últimos dias, as Sete Vuvuzelas do Apocalipse (capítulo 8) prenunciaram um período de trevas. E todas as principais vias da cidade só não contavam com quilômetros de engarrafamentos porque hoje é domingo.

Categorias

Passado

  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
  • 2008
  • 2007
Seguir

Receba atualizações do blog na sua caixa de entrada.

Basta inserir seu email