Internet e as Eleições

Costumo dizer que o Twitter mudou minha vida. Por diversos motivos. O Twitter foi a ferramenta que permitiu que eu socializasse com gente que por outros meios eu dificilmente conheceria.

As redes sociais não apenas me deram 1 hora de graça no boliche, 3 CDs, 1 Blu-ray, 5 vale-compras da Bemol e um sanduiche no 80s Burger. As pessoas que eu conheci trocando mensagens de 140 letrinhas ajudaram, desde chegar ao meu destino sem pegar um engarrafamento a direcionar algumas das minhas escolhas educacionais e profissionais.

Dentre os projetos que me envolvi por causa o Twitter, o Trânsito Manaus, que há 3 anos informa diariamente o trânsito muito lento nos dois sentidos de todas as avenidas da cidade, além dos itinerários intinerantes de ônibus, possibilitou uma experiência política que eu, que desde pequeno sempre gostei de prestar atenção nas campanhas eleitorais, nunca poderia imaginar.

Com a exposição que o TM conquistou ao longo dos anos, conseguimos, contatando os comitês dos candidatos à prefeitura de Manaus, realizar entrevistas com cada um deles para tratar exclusivamente das questões de trânsito e transporte.

Grupos como o Trânsito Manaus, e outros, como o PedalaManaus.org, do Ricardo “Saci” Braga, e o Manauara.org, da Cynthia Blink, mostram uma mudança interessante pela qual estamos passando. Jovens com algum poder de mobilização através da Internet tendo acesso direto aos atuais e futuros integrantes do executivo (e do legislativo também).

Fazendo a interseção entre Política e Internet

Não sou ingênuo de achar que os políticos estão abrindo as portas e associando-se à imagem dessas iniciativas, cheios de sorrisos e apertos de mão, por simples, pura e imaculada brothagem. Nem acho que o acesso aos dirigentes da coisa pública deveria dar-se tão somente pela da ação de grandes grupos organizados e com alguma evidência e poder de mobilização, e não por um único e humilde cidadão.

Existe, claro, a busca por evidenciarem sua atuação em canais de comunicação com as novas gerações, talvez até mesmo estabelecer cabos eleitorais, o que não é o caso do TM, nem acredito ser dos outros que citei acima.

O que eu acho fantástico é o grau de importância dado por (pelo menos alguns) candidatos a essas ferramentas estar se assemelhando, cada vez mais, ao dado a grandes grupos da “velha mídia”, como jornais impressos, rádio e TV, justamente devido às mudanças e possibilidades que elas estão gerando.

Enquanto até poucos anos atrás os candidatos eram figuras distantes que nós éramos obrigados a escolher observando 30 segundos de sorrisos artificialmente manipulados num comercial de televisão, e dependíamos unicamente dos debates da TV para conhecer a capacidade argumentativa e o embate de propostas dos candidatos, agora eu tive a oportunidade de estar cara a cara com cada um deles, perguntar e ouvir as suas respostas sem direito a script e photoshop. Pauderney, Arthur, Navarro, Serafim, Henrique, Jerônimo, Herbert, Vanessa e Sabino.

Ainda fizemos muito pouco, mas acredito que as possibilidades interação e de cobrança do poder público ainda vão crescer e devolver uma parcela do poder que sempre foi do povo, de volta às mãos do povo, graças à Internet. Sou idealista demais?

Horário Eleitoral Gratuito

Quando eu era pequeno costumava acompanhar atentamente as propagandas do horário eleitoral gratuito, ver o cuidado com que os candidatos preparavam seus programas, quais eram os projetos e propostas. Acho que a minha intenção era saber o que cobrar depois, mesmo sem saber exatamente como.

Acabava decorando os jingles de alguns candidatos…

♫ Pelo rio o caboclo navega sem medo… Ô… ô… ô… ô… Vê arara, uirapuru, boto e tucunaré… É… é… é… é… Minha terra tem tudo o que se imaginar… Da floresta, das lendas, encantar… Tanta vida nos braços do meu Rio-Mar… Amazonas! Aportou o rumo certo, vamos navegar… Ô… ô… ô… ô… No fetiço do boto navegador… Gilberto! Ô… ô… ô… ô… Mestre e comandante, meu governador! ♪

♪ Alfreeeedoo… Alfreeeedoo… Faz o sociaaaaaaaal… ♫

♫ 40.123… Ô… ô… ô… Vote Barbosão, para vereador! ♪

…e bordões como…

“Prometer e não cumprir, é pior do que mentir!”

“Teu voto é uma bomba!”

Hoje em dia as propagandas eleitorais ainda estão focadas essencialmente na TV e no rádio. Entretanto, eleitores como eu, e penso que alguns leitores deste blog também, consomem pouco ou nenhum conteúdo dessas mídias.

Boneco do Barbosão, folclórico personagem da política manauara

Existe um site desenvolvido pela 7 Graus com informações sobre cada candidato de todas as cidades do Brasil, inclusive com direito a uma página dedicada aos “mais populares“. Os perfis são bem simples e diretos ao ponto, mas senti falta de links para o conteúdo que os próprios candidatos produzem.

Então resolvi fazer um apanhado de todo o material que os candidatos à prefeitura de Manaus estão publicando na Internet, nas mais variadas redes sociais e nos mais variados formatos, para compartilhar com vocês. Segue a lista abaixo.

**********

Arthur Virgílio Neto 45
Eleições 2012
Site | Facebook | Twitter | YouTube | Soundcloud | Pinterest

Henrique Oliveira 22
Eleições 2012 | Site | Facebook | Twitter | YouTube

Herbert Amazonas 16
Eleições 2012

Jerônimo Maranhão 33
Eleições 2012 | Facebook

Luiz Navarro 21
Eleições 2012 | Facebook | Twitter

Pauderney Avelino 25
Eleições 2012 | Site | Facebook | Twitter | YouTubeSoundcloud

Sabino Castelo Branco 14
Eleições | Site | Facebook | Twitter

Serafim Corrêa 40
Eleições 2012 | Site | Facebook | Twitter | YouTube

Vanessa Grazziotin 65
Eleições 2012 | Site | Facebook | Twitter | YouTube | Soundcloud

**********

Desfaz-se nesse momento, a cadeia de emissoras…

Categorias

Passado

  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
  • 2008
  • 2007
Seguir

Receba atualizações do blog na sua caixa de entrada.

Basta inserir seu email