Como Não Proceder: Removendo Arquivos Temporários

Outubro de 1999. A amiga rouca da minha mãe disse que o computador ficava lento por excesso de arquivos temporários e me ensinou a fazer uma busca, se não me engano “~.tmp”, que retornava com esses arquivinhos.

Eu tinha uns 10 anos, usava Windows 98 Plus! num Pentium 2 de 455MHz, 32MB de memória RAM e 4GB de HD e, como todo PC daquela época, cada procedimento que se pudesse fazer para que ele funcionasse um pouco mais rápido seria bem vindo.

Então fiz a busca, encontrei uma quantidade razoável de arquivos temporários e deletei. O sistema agradeceu. Passei a repetir periodicamente aquele procedimento de extermínio de ícones brancos com bandeirolas do Windows, e tudo sempre ocorreu razoavelmente bem.

~.tmp

Até que certo dia refleti: se esses arquivos brancos com bandeirolas de Windows fazem tão mal ao meu computador, por quê existem tantos no meu HD? E então fiz uma busca, acho que pelo caractere espaço ” “, que retornava com todos os arquivos que estavam no disco rígido, e comecei um trabalhoso processo de limpeza.

Passei uma tarde inteira selecionando milhares daqueles ícones malignos que faziam meu computador ficar lento. Até que quando chegou a noite, terminado o exaustivo trabalho, deletei todos eles e reiniciei a máquina.

Depois da tela de BIOS não aconteceu mais nada. Ela estava limpa.

About Steven Castro Conte

Eu sou um aprendiz.

O que você pensa sobre isso?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Passado

  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
  • 2008
  • 2007
Seguir

Receba atualizações do blog na sua caixa de entrada.

Basta inserir seu email